top of page
IMG_9967_edited.jpg

Mamíferos do Rancho

O Rancho dos Querubins também realizou o levantamento das espécies de mamíferos, ao todo foram registradas 13 espécies. Veja os vídeos de nossas câmeras e conheça algumas das espécies registradas por aqui. . 

Nome popular: Gato-mourisco 

Nome científico: Herpailurus yagouaroundi

O gato-mourisco possui hábitos diurnos e apesar de existir em grande parte do Brasil, tem densidade populacional muito baixa. Possuem alimentação muito variada, podendo se alimentar de mamíferos de pequeno e médio porte, cobras, lagartos, aves, insetos, peixes e anfíbios.

Nome popular: Irara

Nome científico: Eira barbara

São animais de hábitos diurnos, com mais atividade no amanhecer e final de tarde. São ótimas em nadar, correr e escalar. É uma espécie solitária, porém pode ser vista em pares na época de acasalamento. De hábito alimentar onívoro, se alimenta de vertebrados de pequeno e médio porte, roedores, aves, frutos, insetos e mel. Utilizam o olfato como principal ferramenta para a caça.

Nome popular: Jaguatirica

Nome científico: Leopardus pardalis

Espécies de hábitos solitários com atividade predominantemente noturna. Durante o dia repousa em ocos de árvores ou em arbustos. Tem grande habilidade para subir em árvores, saltar e nadar. Alimenta-se principalmente de pequenos e médios vertebrados, aves e répteis. 

Nome popular: Tamanduá-bandeira

Nome científico: Myrmecophaga tridactyla

Possuem hábitos solitários, só é possível vê-los juntos em duas ocasiões: um casal em época reprodutiva ou uma mãe com seu filhote, como no nosso registro. Sua alimentação é especializada em comer cupins e formigas.

Nome popular: Tatu-peba

Nome científico: Euphractus sexcinctus

É uma espécie de hábitos diurnos, porém pode apresentar atividade noturna. Tem hábitos solitários, mas pode ser visto em pequenos grupos durante a época de reprodução ou quando se alimenta de carcaças grandes. De hábitos semi-fossoriais, escava diversos buracos que servem de tocas. 

bottom of page